quarta-feira, 29 de junho de 2011

Teste o Android no VirtualBox

Que tal testar o Android dentro de uma Virtualbox? Muitos já o estão fazendo por curiosidade, outros tantos para desenvolver aplicações para ele. O que está esperando? Ao trabalho!
1)Primeiro baixe o VirtualBox mais atual para a sua distro (caso ainda não o possua). Clique aqui.
2)Em seguida, baixe a máquina virtual do Android, clicando aqui.
3)De posse do VirtualBox, abra-o e clique em novo (new) conforme a imagem:


4) Avance.

5)Nome: Android. Sistema operacional: Linux. Versão: Other Linux. Avance

6) Escolha a quantidade de memória RAM desta máquina virtual (escolhi quase 600MB, mais do que suficiente). Avance.

7) Marque usar um disco rígido existente e clique na pasta amarela para procurá-lo.

8) Navegue até a pasta onde você descompactou o disco rígido e selecione-o.

9) Conclua.

10) Após isso já pode inicializar o Android dentro da Virtualbox:

Fiquem todos com Deus.
Twitter: @renatobluesboy
...........................................
English Version
How about testing the Android in a Virtualbox? Many are already doing this out of curiosity, to develop as many applications for it. What are you waiting? To work!
1) First download the latest VirtualBox for your distro (if it has not). Click here.
2) Next, download the Android's virtual machine by clicking here.
3) Upon receipt of VirtualBox, open it and click again (new) in the image:
4) (the next steps are in English and can be viewed in large images by clicking over the pictures).

domingo, 26 de junho de 2011

Instalando o Easy Youtube Video Downloader (+ clássico do Rock, Jimi Hendrix :-)

Aí vai uma dica básica mas que pode fazer parte das dúvidas dos novos usuários do Linux. Como baixar vídeos do YouTube?
A boa notícia: o Firefox, que já vem instalado no Ubuntu, possui um gerenciador de plugin's prontinhos para instalar. Basta ir no menu "tools">"add-ons" (ferramentas>add-ons); depois digite na caixa de pesquisa "Youtube"; mande instalar o "Easy Youtube Video Downloader".
Reinicie o Firefox e abaixo de cada vídeo do Youtube aparecerá como na figura:Abaixo uma dica para download, um clássico do Rock'n'roll, dando início à série "vídeos legais" :-) que manterei mensalmente no blog.



Abraços e fiquem com Deus.
Twitter:@renatobluesboy

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Download - Revista Espírito Livre - Edição nº 26

Parece que finalmente a revista Espírito Livre está tomando um rumo interessante, com matérias bem focadas, objetivas e interessantes.

Não deixe de ler as matérias sobre Crowdsourcing, mas confira também uma visão muito interessante sobre sites de compras coletivas na página 49.

Download aqui ou clicando na figura.

Sucesso para todos, fiquem com Deus,

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Linux rodando aplicativos legais do Windows - parte 3 - Microsoft Office

É muito interessante a iniciativa do Openoffice, LibreOffice e afins de fazer uma suíte de aplicativos que funcione como uma alternativa ao Microsoft Office. Mas você já passou pela experiência de estar com um notebook com Ubuntu instalado, ligado a um projetor, e um palestrante trazer aquela linda apresentação do Microsoft Powerpoint e ela ficar simplesmente horrível no LibreOffice? Para estes casos sugiro a instalação do Microsoft Office via WINE.

1)Se você tem uma licença do Microsoft Office em CD, sugiro que copie para um pendrive todos os executáveis. Se tentar executar do CD provavelmente aparecerá que o arquivo não está marcado como executável. Feita a cópia, execute o setup com o Wine como de costume.

2)Após a instalação você vai ter que criar os atalhos do Office. Vá até sua pasta pessoal (HOME), pressione ctrl+h para que sejam exibidos os arquivos ocultos, navegue até ./wine/drive_c/, vá em program files. Você vai encontrar a pasta do Microsoft Office, os executáveis estão dentro de "Office12". Crie os lançadores destes aplicativos no desktop. Você pode pressionar CTRL+L e o caminho completo do executável aparecerá na parte superior da janela aberta. Logo, seu lançador será "wine" mais este caminho completo.

3)O Powerpoint não funcionará de cara. Para que ele funcione, abra um terminal, digite winecfg (enter), navegue até a aba "bibliotecas", procure por riched20, clique em "adicionar" > "aplicar" > "ok". Com isso o Powerpoint abre normalmente (fonte oficial: http://appdb.winehq.org/objectManager.php?sClass=version&iId=12813). Vide a figura:



4)Os ícones (lançadores) ficarão "feios". Baixe ícones legais aqui: http://www.iconesbr.net/icones/office
Fiquem com Deus,
Twitter: @renatobluesboy
.............
English Version
this post will not be translated into English

domingo, 5 de junho de 2011

Como configurar o Ubuntu 11.04 com placa SIS671

Anteriormente comentei sobre como configurar o Ubuntu 10.04 para trabalhar com a placa SIS 671. Já que entramos na "era Unity" (nova interface que aparentemente será o padrão nas novas versões), vou expor sobre como configurar o driver da Sis671 no Ubuntu 11.04 :-)
1)Baixe o driver aqui.
2)Descompacte (por exemplo, na pasta Downloads).
3)Vamos copiar alguns arquivos para os seus locais corretos para que tudo funcione ok. Abra um terminal, navegue até a pasta "downloads" (ou outra pasta onde você descompactou seus arquivos) e digite:
sudo cp sis671_drv.so /usr/lib/xorg/modules/drivers
E depois:
sudo cp xorg.conf /etc/X11/
Reinicie o computador e já poderá usufruir da resolução correta. Mas é claro que você vai querer o Unity, certo? De posse do Ubuntu já instalado e depois de ter rodado os comandos acima com êxito, abra um terminal e digite:
sudo apt-get install unity-2d
Reinicie seu computador e verá que a interface padrão é o Unity 2-d (o que já é beeem interessante não é? :-) Mas se você, assim como eu, também quer alguns efeitos interessantes (transparências no terminal e ao pressionar a tecla "super" no Unity), faça o seguinte:
-ALT+F2 e depois digite gconf-editor
-Navegue até apps > metacity > general
-Habilite compositing_manager
Alguns efeitos de sombra nas janelas, transparência no terminal, etc, ficarão bem legais.
Você poderá enfrentar problemas para reproduzir vídeos no VLC media player depois destas configurações, mas não tem problema: entre nas preferências do VLC e na saída de vídeo altere para X11.
TOTEM e BANSHEE. Você terá que configurá-los também. Para tanto:
1. Tecle Alt+F2 e digite o comando gstreamer-properties. A janela "Seletor de sistemas multimídia" será aberta;
2. Na aba Vídeo, opção Plug-in, selecione "X Window System (no Xv)";
3. No Device Escolha a opção SIS/315/330/340/340 series video bLiitter.

Fiquem com Deus.
Twitter: @renatobluesboy
..............
English Version
Earlier I commented about how to configure Ubuntu 10.04 to work with the SIS 671 graphics card. As we enter the "era Unity" (new interface, which apparently is the default in newer versions), I will expound on how to configure the driver in Ubuntu Sis671 11.04 :-)
1) Download the driver here.
2) Unzip (for example, in the Downloads folder).
3) We will copy some files to their correct locations so that everything works out. Open a terminal, navigate to the folder "downloads" (or another folder where you unzipped your files) and type:
sis671_drv.so sudo cp /usr/lib/xorg/modules/drivers
And then:
sudo cp xorg.conf /etc/X11/
Restart your computer and you'll enjoy the correct screen resolution. But of course you'll want Unity, right? Once you already installed Natty, and after having run the above commands successfully, open a terminal and type:
sudo apt-get install unity-2d
Restart your computer and see that the default interface is the Unity 2-d (which is already very very interesting is not it? :-) But if you, like me, you want some interesting effects (transparencies in the terminal and press "super" in Unity), do the following:
-ALT + F2 then type gconf-editor
Navigate to apps-> metacity> general
-Enable compositing_manager
Some effects of shade on the windows, transparency on the terminal, etc., will be pretty cool.
You may experience problems playing videos in VLC media player after this, but no problem: between the VLC preferences and change the video output to X11.
God bless you all!
Twitter: @ renatobluesboy

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Navegando em modo texto no Linux

Essa é para os Geeks :-)
Você sabia que é possível navegar em modo texto no Linux? Para usuários do Ubuntu/Gnome, basta instalar no terminal:
sudo apt-get install links2
Para usar abra o terminal, digite links2 (enter) e siga os comandos:
g - abre uma url;
ESC - mostra o menu;
s - mostra os favoritos;
q - sai do links.

A nível de curiosidade, mas creio que muita gente vai adorar
Abraços e fiquem com Deus.
Twitter: @renatobluesboy
....
English Version
This post and the previous post will not be translated into English.

Configurando APT-GET com proxy

Já esteve com um Ubuntu ou outra distro Linux em uma empresa, precisou utilizar o terminal para instalar alguma coisa via APT-GET e não conseguiu por causa do proxy? Eu também já passei por essa situação em uma máquina virtual com Ubuntu. Hoje abordarei justamente esse assunto: um tutorial para configurar o proxy transparente ou com autenticação.


Configurando "apt-get" com Proxy Transparente

Primeiro edite o arquivo de variáveis de ambiente com o comando abaixo:

# pico /etc/environment


OBS: No exemplo utilizei o editor "pico", mas você pode escolher "vi", "gedit" ou outro.
Inclua o seguinte conteúdo no arquivo "environment":


http_proxy="http://192.168.1.254:3128"
ftp_proxy="http://192.168.1.254:3128"

Acquire {

HTTP::Proxy 192.168.1.254:3128;
FTP::Proxy 192.168.1.254:3128;
};
alias wget="wget -Y on"


No exemplo acima é demonstrada a configuração do proxy para o protocolo HTTP e FTP.
Você também deve informar o endereço e a porta do seu servidor Proxy (Squid), no exemplo foi utilizado o IP 192.168.1.254 e a porta 3128, altere para o IP e porta do seu servidor de proxy e salve o arquivo.
Agora vamos editar o arquivo de configuração do APT-GET:

# pico /etc/apt/apt.conf

Adicione as seguintes linhas:

Acquire {
HTTP::proxy "http://192.168.1.254:3128";
FTP::proxy "http://192.168.1.254:3128";
};

Novamente altere as informações de IP e Porta para do seu servidor de proxy e salve o arquivo.
Agora vamos alterar o arquivo /etc/profile:

# echo "export http_proxy ftp_proxy" >> /etc/profile

Está pronto.

Configurando "apt-get" para Proxy com Autenticação

Para configurar o "apt-get" para Proxy com Autenticação é necessário incluir o usuário e senha, como
EXEMPLO irei utilizar o usuário "renato" e a senha "102030".
Primeiro edite o arquivo de variáveis de ambiente com o comando abaixo:

# pico /etc/environment

E inclua o seguinte conteúdo no arquivo "environment":

http_proxy="http://renato:102030@192.168.1.254:3128"
ftp_proxy="http://renato:102030@192.168.1.254:3128"

Acquire {
HTTP::Proxy renato:102030@192.168.1.254:3128;
FTP::Proxy renato:102030@192.168.1.254:3128;
};
alias wget="wget --proxy-user=renato --proxy-passwd=senha"

OBS: Não esqueça de alterar o IP 192.168.1.254, porta 3128, usuário renato e senha 102030 para as informações corretas do seu servidor de proxy e o salve o arquivo.
Todos os créditos deste tutorial (embora eu tenha adaptado o texto) vão para:http://www.vivaolinux.com.br/dica/Configurando-aptget-com-proxy