quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Sobre a "morte" do Linux

Sim, o pinguim ao lado está bravo. E muito bravo.
Nesse link é noticiado que "Linux para desktop é um sonho que acabou". Nos dizeres de Robert Strohmeyer, "Se fosse para o Linux conquistar de uma vez por todas o seu lugar ao sol, essa época teria sido em 2008; mas isso não estava nos planos do astral (...) Ainda assim, essa transfusão de poderes não foi suficiente para elevar a participação do sistema além dos 1% no mercado de sistemas operacionais".
Isso é uma ignorância e, graças a Deus, a comunidade reagiu e já estão sendo publicadas matérias como esta. Segue um trecho:
"(...)Afinal de contas, relatórios de mercado vêm, há meses, mostrando a participação do Linux estagnada na casa dos 1%. Em setembro, aliás, esse número caiu para 0,85%, segundo um estudo conduzido pela Net Applications.
O problema desse tipo de estudo é que eles não servem de base para mensurar o desempenho de softwares livres. Os números apresentados se servem, normalmente, de informações sobre as vendas e seguem uma fórmula absolutamente rudimentar. X cópias do Windows vendidas por mês equivalem a Y% de participação no mercado, e ponto.
Mas, pense bem, de que forma as distribuições Linux são adquiridas? A não ser nos casos, para lá de raros, em que junto do software, segue uma assinatura de suporte (pago), o Linux é baixado sem qualquer custo(...).
Outra coisa que se comenta muito é "cloud computing", ou "computação na nuvem", onde nada mais estaria instalado no computador, que passaria a rodar as suas aplicações direto da Internet. Com todo o respeito, quero continuar off-line o quanto tempo eu quiser, rodando meus programas, gravando DVD`s para o meu filho assistir na TV, jogando os meus velhos jogos emulados no ZNES e outras coisas. Afinal, na minha casa eu não trabalho, ali o computador é uma diversão para mim.
Portanto, caro leitor, continue usando e divulgando o Linux e o software livre de todas as formas e maneiras possíveis.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Manual de Sobrevivência


Conforme noticiado aqui, no site "Mundo Lunga", do Cristiano Rusch, está disponível para download o livro "Manual de Sobrevivência", do Tales Mendonça.
Pelo que li, num primeiro momento, parece uma ótima e atual referência para usuários leigos e avançados.
Está em formato *.PDF.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Skin para o notebook

Sobre minhas experiências com skins para notebook.
Logo que comprei meu notebook (um básico Intelbras I415 com 2GB de RAM) me deparei com um problema com a webcam, que não funcionou em nenhum sistema operacional (Window$, Linux e nem no sistema original do computador, que se não me engano era um Satux). Isso me obrigou a levá-lo para a assistência e eles trocaram não só a webcam, como toda a tampa do aparelho. Com isso não veio o logo "Intelbras" sobre a tampa :-( e o visual ficou, digamos, empobrecido. Achei que a solução era um skin para notebook e adquiri um da CLONE. Caro consumidor, não compre esse produto pois ele não adere à tampa e simplesmente não presta, além de não ter brilho algum (é fosco e feio).Retirei ele e adquiri um da marca SKIN, veja as fotos...



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

DEVEDE - "Bug no Spumux"

Como sabemos, o DEVEDE é um ótimo conversor de diversos formatos de vídeo para DVD. É possível incluir legendas, criar um menu personalizado no início, entre outros recursos. Substitui com maestria o pago "Winavi" e o "ConvertXtoDVD", para Windows. No entanto, comecei a enfrentar problemas ao salvar arquivos. O erro que aparece é: "O processo de conversão falhou. Deve ser um bug no Spumux." E só.
Pesquisando em http://ubuntuforum-br.org/index.php?topic=49737.0, encontrei a dica do usuário "sistematico", muito inteligente e perspicaz. Eu estava salvando na área de trabalho, ou seja, no caminho /home/seulogin/Área\ de \Trabalho/; alterei para uma pasta qualquer que criei dentro do diretório \home e ok! Problema resolvido. Como o usuário "sistematico" constatou, é possível que seja um bug ao tentar salvar num diretório com acentuação... será? Enfim, funcionou e bem.
DICA: Provavelmente a legenda virá configurada como utf-8. Deve ser alterada para ISO-8859-16.
DICA 2:
para instalar, digite num terminal: sudo apt-get install devede