sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Reproduzindo DVD's protegidos com o VLC

Buenas amigos...
Eu estava com dificuldades para reproduzir alguns DVD's protegidos no Linux: os menus não funcionavam!
Resumindo, os passos para resolver esse problema estão aqui:
1)Instale o pacote Restricted Extras: Aplicativos –>Central de Programas do Ubuntu –> Ubuntu restricted extras
2)Instale o VLC via linha de comando, em um terminal: sudo apt-get install vlc
3)Instale o seguinte codec: sudo /usr/share/doc/libdvdread4/install-css.sh
A explicação para o não funcionamento, em um primeiro momento, é simples: alguns codecs proprietários não são legais em alguns países, e como o Ubuntu é distribuído em muitos destes países, não pode vir com estes codecs "nativos", eles têm que ser instalados "na mão".
Paz e bem, Feliz Ano Novo a todos os leitores do blog Freelinux-BR!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Manual do Dell Latitude 110L

Este post provavelmente não interessará aos leitores do blog.
É apenas para eu me lembrar do link do manual do Dell Latitude 110L (meu notebook de testes).
O manual está disponível AQUI.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Nasce um trouxa por minuto

Finalmente uma personalidade relevante do mundo tecnológico resolveu se manifestar sobre o que está sendo chamado "cloud computing induzido", ou seja: forçar os usuários a colocar seus dados "na nuvem" (entenda-se 'Internet'), alegando que esse é o futuro e que é irreversível.
A frase-bomba, a respeito das pessoas que estão adotando o Chrome-OS: Stallman disse esperar que muita gente “continuará a adotar o modelo de computação descuidada, porque a cada minuto nasce mais um trouxa no mundo”.
MINHA OPINIÃO: 100% certo. A IBM, Google, Microsoft e outros estão perdendo força no mercado e, desesperados, querem vender seus containers (novo conceito de data-center, mas totalmente controlado por eles) e servidores a qualquer custo. Com isso induzem o usuário final (e muitos técnicos desavisados) que este é o futuro da computação pessoal.
Segue matéria na íntegra, recomendo ao leitor reflexão (e divulgação):

"Fundador da Free Software Foundation alerta sobre os perigos legais do sistema e a fragilidade de se confiar dados pessoais à computação em nuvem.


O fundador da Free Software Foundation criticou o Chrome OS, da Google, dizendo que ele forçará os usuários de PC a colocar seus dados em risco, já que eles serão armazenados na nuvem e não na sua máquina pessoal.

Richard Stallman, que também criou o sistema operacional GNU, afirmou ao The Guardian que o sistema vai “empurrar as pessoas no caminho da computação descuidada” já que, ao guardar seus dados na nuvem, os usuários de PC perderão os direitos legais sobre seus dados e a capacidade de controlá-los.

“Nos Estados Unidos, você até perde direitos legais se armazenar seus dados nas máquinas de uma empresa em vez de suas próprias”, afirmou.

“A polícia precisa apresentar a você um mandado de busca se quiser obter seus dados; mas se eles estiverem armazenados no servidor de uma companhia, a polícia poderá obtê-los sem mostrar nada a você. Eles podem até nem precisar mostrar um mandado à empresa.”

Stallman disse esperar que muita gente “continuará a adotar o modelo de computação descuidada, porque a cada minuto nasce mais um trouxa no mundo”.

“No entanto, se um número suficiente de pessoas continuar a manter seus dados sob seu próprio controle, nós ainda poderemos fazê-lo. E é melhor que seja assim, senão a opção poderá desaparecer.”

Sistema engessado
Stallman sustentou que, na essência, o sistema da Google é “o sistema operacional GNU/Linux. Contudo, ele é entregue sem as aplicações de costume, e engessado de forma a impedir e desestimular a instalação de aplicações.”

Oficialmente, a Google mostrou seu sistema na semana passada, cerca de dois anos depois de ter sua existência anunciada.

O sistema, que atualmente tem sido testado por empresas e por um pequeno grupo de consumidores, guarda o menor número possível de dados dentro da máquina. Em vez disso, ele se apóia em uma conexão à Internet para armazenar dados nos servidores da Google.

A Google ainda precisa revelar se ou quando terá planos de produzir seus próprios laptops rodando o sistema operacional.

No entanto, espera-se que as primeiras máquinas com o sistema, produzidas pela Acer e pela Samsung, estejam disponíveis em meados de 2011."

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Reciclagem Tecnológica

Em Porto Alegre haverá a 1ª Feira de Descarte de Equipamentos de Informática (aquele velho monitor LCD, o cabinete bege abandonado e as memórias SIMM serão bem-vindos).
Clique na imagem para ampliar.


segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Mitos e verdades sobre o VirtualBox

Alguns mitos sobre o VirtualBox:
"A versão que vem com o Ubuntu é a OSE, que não presta".
Na verdade presta, apenas não reconhece alguns devices USB. Mas se a intenção é testar alguns sistemas operacionais somente, ela atende a necessidade.
"Preciso adicionar chaves de repositórios e linhas no sources.list para usar o VirtualBox".
Errado.
Basta acessar:
http://www.virtualbox.org/wiki/Linux_Downloads, fazer o download da versão DEB e instalar, sem nenhuma necessidade de editar os repositórios e sem problemas com dependências. Depois rode o comando:
sudo adduser SEULOGIN vboxusers
para adicionar o seu usuário ao grupo de utilizadores e pronto (SEULOGIN=seu usuário para logar no Ubuntu, normalmente escolhido durante a instalação do mesmo).
...
Um colega de trabalho me disse: "Ubuntu não é Linux". Em parte concordo com ele. O conceito ultrapassado que algumas pessoas (especialmente técnicos) têm de que o Linux tem que ser complicado, cheio de linhas de comando para funcionar cada device, sem adicionar nenhum driver proprietário, já é ultrapassado. Eu, como acadêmico de redes e técnico, mesmo assim não tenho tempo para compilar tudo. Se alguém genial desenvolveu uma forma de os devices serem reconhecidos rapidamente e sem erro, por mim, está ótimo.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Leitora do Banrisul

Para aqueles que quiserem (ou precisarem) instalar a leitora Teo By Xiring (utlizada pelo Banrisul) no Ubuntu, deverão abrir um terminal e digitar:
sudo apt-get install libccid
Após isso, reinicie o computador com a leitora inserida no USB.
Dica: http://digitalside.com.br/blog/2010/10/leitor-de-cartao-smart-card-do-banrisul-no-ubuntu/




09/05/2011 - veja o post mais atual para a versão 11.04 do Ubuntu:

http://freelinux-br.blogspot.com/2011/05/leitora-teo-by-xiring-banrisul-no.html

Home Banking do BB no Ubuntu

Segue a dica sobre como fazer a instalação do plugin do JAVA no Firefox para acesso ao Internet Banking do Banco do Brasil.

Primeiro removemos o JAVA da SUN:
sudo apt-get remove --purge openjdk

Habilitando os repositórios parceiros:

Aplicativos –> Central de Programas do Ubuntu
Editar –> Canais de software


Após isso, em um terminal, digitamos:

$ sudo apt-get update && sudo apt-get install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin -y

Após isso reiniciamos o Firefox e testamos o acesso.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Sobre a "morte" do Linux

Sim, o pinguim ao lado está bravo. E muito bravo.
Nesse link é noticiado que "Linux para desktop é um sonho que acabou". Nos dizeres de Robert Strohmeyer, "Se fosse para o Linux conquistar de uma vez por todas o seu lugar ao sol, essa época teria sido em 2008; mas isso não estava nos planos do astral (...) Ainda assim, essa transfusão de poderes não foi suficiente para elevar a participação do sistema além dos 1% no mercado de sistemas operacionais".
Isso é uma ignorância e, graças a Deus, a comunidade reagiu e já estão sendo publicadas matérias como esta. Segue um trecho:
"(...)Afinal de contas, relatórios de mercado vêm, há meses, mostrando a participação do Linux estagnada na casa dos 1%. Em setembro, aliás, esse número caiu para 0,85%, segundo um estudo conduzido pela Net Applications.
O problema desse tipo de estudo é que eles não servem de base para mensurar o desempenho de softwares livres. Os números apresentados se servem, normalmente, de informações sobre as vendas e seguem uma fórmula absolutamente rudimentar. X cópias do Windows vendidas por mês equivalem a Y% de participação no mercado, e ponto.
Mas, pense bem, de que forma as distribuições Linux são adquiridas? A não ser nos casos, para lá de raros, em que junto do software, segue uma assinatura de suporte (pago), o Linux é baixado sem qualquer custo(...).
Outra coisa que se comenta muito é "cloud computing", ou "computação na nuvem", onde nada mais estaria instalado no computador, que passaria a rodar as suas aplicações direto da Internet. Com todo o respeito, quero continuar off-line o quanto tempo eu quiser, rodando meus programas, gravando DVD`s para o meu filho assistir na TV, jogando os meus velhos jogos emulados no ZNES e outras coisas. Afinal, na minha casa eu não trabalho, ali o computador é uma diversão para mim.
Portanto, caro leitor, continue usando e divulgando o Linux e o software livre de todas as formas e maneiras possíveis.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Manual de Sobrevivência


Conforme noticiado aqui, no site "Mundo Lunga", do Cristiano Rusch, está disponível para download o livro "Manual de Sobrevivência", do Tales Mendonça.
Pelo que li, num primeiro momento, parece uma ótima e atual referência para usuários leigos e avançados.
Está em formato *.PDF.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Skin para o notebook

Sobre minhas experiências com skins para notebook.
Logo que comprei meu notebook (um básico Intelbras I415 com 2GB de RAM) me deparei com um problema com a webcam, que não funcionou em nenhum sistema operacional (Window$, Linux e nem no sistema original do computador, que se não me engano era um Satux). Isso me obrigou a levá-lo para a assistência e eles trocaram não só a webcam, como toda a tampa do aparelho. Com isso não veio o logo "Intelbras" sobre a tampa :-( e o visual ficou, digamos, empobrecido. Achei que a solução era um skin para notebook e adquiri um da CLONE. Caro consumidor, não compre esse produto pois ele não adere à tampa e simplesmente não presta, além de não ter brilho algum (é fosco e feio).Retirei ele e adquiri um da marca SKIN, veja as fotos...



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

DEVEDE - "Bug no Spumux"

Como sabemos, o DEVEDE é um ótimo conversor de diversos formatos de vídeo para DVD. É possível incluir legendas, criar um menu personalizado no início, entre outros recursos. Substitui com maestria o pago "Winavi" e o "ConvertXtoDVD", para Windows. No entanto, comecei a enfrentar problemas ao salvar arquivos. O erro que aparece é: "O processo de conversão falhou. Deve ser um bug no Spumux." E só.
Pesquisando em http://ubuntuforum-br.org/index.php?topic=49737.0, encontrei a dica do usuário "sistematico", muito inteligente e perspicaz. Eu estava salvando na área de trabalho, ou seja, no caminho /home/seulogin/Área\ de \Trabalho/; alterei para uma pasta qualquer que criei dentro do diretório \home e ok! Problema resolvido. Como o usuário "sistematico" constatou, é possível que seja um bug ao tentar salvar num diretório com acentuação... será? Enfim, funcionou e bem.
DICA: Provavelmente a legenda virá configurada como utf-8. Deve ser alterada para ISO-8859-16.
DICA 2:
para instalar, digite num terminal: sudo apt-get install devede

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Barra de Gadgets para Linux

Dentro da seção de softwares legais e visualmente atrativos para Linux, encontramos a barra lateral do Google, desenvolvida para esta plataforma. Para quem pensou que era privilégio do Windows 7...

Para instalar, abra um terminal e digite:
sudo apt-get install google-gadgets-gtk







Após instalar, se desejar, poderá colocar esse programa na inicialização do sistema (a cada logon). Para tanto, deve abrir os aplicativos de sessão (Sistema > Preferências > Aplicativos de Sessão) e configurar conforme a imagem:

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Bisigi

Como tantos usuários do Linux, optei por escolher um tema diferente, ou mais atrativo, mais organizado que o tradicional que vem no Ubuntu 10.04. Pesquisando encontrei o site http://www.bisigi-project.org/?page_id=8&lang=en, onde são oferecidos diversos temas legais. Segue o tutorial de instalação.

1)Adicione o repositório do Bisigi. No terminal, digite:
sudo add-apt-repository ppa:bisigi && sudo aptitude update
2)Instale a aplicação:
sudo aptitude install bisigi-themes
Como eu já havia me acostumado com os botões novos do Ubuntu (maximizar, minimizar, restaurar) que agora ficam no lado esquerdo de cada janela, topei com o que para mim seria um problema: esses botões voltaram para a direita nos novos temas. Para otimizar isso também, basta fazer o seguinte:
1)Pressione alt + F2 no teclado, digite gconf-editor e dê enter;
2)Navegue em apps » metacity » general. No lado direito da janela, dê um clique duplo no item button_layout. Ali aparecerá o seguinte: menu:minimize,maximize,close - altere para close, minimize, maximize:
O inverso também pode ser feito, conforme http://ubuntuforum-br.org/index.php?topic=65720.0

Abraços a todos.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Wine: "Failed to connect to the mount manager..."

Ontem me deparei com a tela ao lado, ao tentar instalar uma aplicação pelo Wine utilizando o drive de CD: "Failed to connect to the mount manager, the driver configuration cannot be edited."
Pesquisando encontrei a solução. Abrimos o terminal e digitamos:
sudo rm -rvf ~/.wine
Com isso, ao reabrir o Wine, ele faz uma espécie de reinstalação do diretório com o problema corrigido. Para mim, que uso poucos aplicativos instalados pelo Wine, apenas tive que rodar o *.exe do programa de novo... mas se você usa muitos programas, CUIDADO, pois isso irá apagar todo o conteúdo da pasta /.wine e você terá que reinstalar todas as aplicações do Windows que utilizava no Wine.
Para quem ainda não conhece, o Wine é uma camada de tradução que possibilita rodar alguns executáveis do Windows dentro de algumas distro Linux.
Instalação via linha de comando:
sudo apt-get update
sudo apt-get install wine
Abraços a todos e fiquem com Deus.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Brasil demonstra uso do software livre na Argentina e na África do Sul

Segue notícia do UOL que reporta os avanços do software livre no Brasil...
"Os avanços obtidos pelo governo brasileiro no uso de software livres nos órgãos públicos federais serão apresentados em dois grandes eventos internacionais a partir deste fim de semana. Especialistas da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento (SLTI/MP) vão abordar o tema na Conferência Anual GovTech2010, em Durban, na África do Sul (4 a 9 de setembro) e na 1ª Conferencia Internacional de Software Libre, em Buenos Aires (6 a 9 de setembro)"...

Realplayer for Linux

Comecei a encontrar algumas dificuldades com vídeos *.rmvb no Linux há poucos dias, na versão 10.04. O VLC media player apresentava lentidão e lags para reproduzí-los e o Totem, por algum motivo, fecha sozinho esporadicamente (não encontrei solução para isto em nenhum fórum).
E qual não foi a minha surpresa ao saber que existe um Realplayer, DEB, para Ubuntu: http://www.realplayer.com/linux
Assim como já existe Google Earth, Skype, Java, Receitanet, Nero, VirtualBox e tantas outras aplicações para Linux...

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Linux não tem inimigos?

Uma personalidade imparcial, divertida e inovadora? Talvez seja essa a definição para Linus Torvalds, o criador do Linux, conforme publicado nesse link do UOL Tecnologia. Enquanto a Microsoft, Apple e cia ficam trocando pesadas farpas (o que também pode ser um teatro, não sabemos...) ele se coloca como um cara "interessado em se divertir na frente do computador".
Segue abaixo matéria na íntegra.
...
“A comunidade Linux não tem inimigos. Apesar de termos tirado uma fatia de mercado de outras empresas, também contribuímos para o crescimento desse mesmo mercado." Essas foram as palavras de Linus Torvalds, o criador do Linux, durante coletiva de imprensa realizada antes do painel de abertura da Linux Con Brasil 2010, que acontece em São Paulo entre os dias 31/8 e 01/9.

No entanto, logo depois, Torvald brincou, dizendo que existem alguns inimigos óbvios, como a Microsoft.

Quando questionado sobre pessoas que têm medo de migrar de sistemas "tradicionais", como Windows e Mac OS, para o Linux, Torvalds - que criou o SO em sua própria casa, como um hobby - pediu que elas tentem usar versões de teste para ver se funciona para elas. E disse entender esse receio. "O Linux é realmente fácil atualmente, mas não é o Windows. E muitas pessoas não gostam de mudar seus hábitos. Não é sobre o Linux ser difícil, mas sobre as pessoas que, às vezes, não querem aprender algo novo. E eu entendo isso. Eu não estou interessado em fazer o Linux dominar o mundo."

Além disso, durante a coletiva de imprensa e depois em um painel aberto para o público, Torvalds sempre procurou se colocar como um "ponto neutro", dizendo que não ligava para questões de mercados. "Nunca me preocupei com dinheiro. Apenas em me divertir na frente do computador. Eu faço Linux porque eu me divirto fazendo isso".

sábado, 28 de agosto de 2010

Ubuntu x Windows


Download:
FLVMP43GP
A velha discussão... Windows x Linux... Esse vídeo não é dos mais atuais, mas o final... muito interessante, vale a pena conferir!

Erro no "ICEauthority" no Ubuntu 10.04

A imagem acima ocorreu após um desligamento inesperado no Ubuntu 10.04. O primeiro pensamento é: "Linux com erros a la Microsoft?" Mas não tem stress, é apenas falta de permissão no arquivo .ICEauthority. Para resolver, abra um terminal e digite:
$sudo chown seulogin /home/seulogin/.ICEauthority
Com isso você estará dando permissão ao seu usuário naquele arquivo. Não precisa de login seguro, como li em alguns fóruns.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Configurar VPN PPTP (Microsoft) no Lucid

Nesse tutorial encontrei a maneira correta de configurar a VPN PPTP (Microsoft) dentro do Ubuntu 10.04. Com isso consegui finalmente abandonar o KVPNC :-)

Configurando o driver da SIS 671 no laptop Intelbras i415

Pesquisando na Internet encontrei uma forma de configurar a placa de vídeo SIS671 no notebook Intelbras i415 (tal configuração melhora o visual, aumenta a gama de resoluções disponíveis para o display e resolve alguns problemas de lags nos vídeos).
Bom, o primeiro passo é baixar o driver. Clique aqui para fazê-lo se o seu sistema é 32 bits (descompacte no seu desktop).
Num terminal, navegue até o desktop (cd /home/seulogin/area de trabalho) e digite o comando:
sudo cp sis671_drv.so /usr/lib/xorg/modules/drivers
O Ubuntu 10.04 não vem com o xorg.conf, onde era possível editar as resoluções de vídeo, tc. Logo, teremos que criar um. Para obter um xorg.conf você pode clicar aqui.
Após isso, ainda no terminal, vamos criar o nosso xorg.conf:
sudo gedit /etc/X11/xorg.conf
Copie o conteúdo do xorg.conf que você baixou e cole no arquivo recém criado, salvando em seguida.
Após isso, reinicie o Ubuntu e vá em sistema > preferências > monitores, depois selecione a resolução desejada.
Para saber se funcionou, digite no terminal:
glxinfo grep rendering
A resposta terá que ser:
direct rendering: Yes

Em alguns casos, ao iniciar o computador, o monitor treme (lembrando uma tv antiga quando está tentando sintonizar um canal). Para resolver isso, num terminal, digite sem o $:
$sudo bash
após
$echo blacklist vga16fb > /etc/modprobe.d/blacklist-vga16fb.conf
e depois
$sudo update-initramfs -u

Reinicie o Ubuntu para ver o problema resolvido.

PS: A versão para 64 bits está no link: http://www.easy-share.com/1907432032/Sis-671-771.tar.bz2

Boas vindas

Após uma temporada envolvido com outros blogs, apresento-lhes o Freelinux-BR e o seu primeiro post. Aqui publicarei tutoriais, descobertas e alguns macetes relacionados a algumas distros Linux, focando principalmente naquela que hoje é a mais popular e mais suportada - O Ubuntu.
Neste blog também haverá momentos de descontração, como alguns vídeos (para relaxar :-P)
Sejam bem-vindos e fiquem com Deus.